Todos os caminhos levam à Ubatuba               LOGIN   SENHA
 
 
CAPA l ONDE FICAR l ONDE COMER l DIVIRTA-SE l GENTE l MEIO AMBIENTE  l NÁUTICA l CONTATO l LINKS l
 

Colunistas

 
 
A natação

Esta atividade esportiva era praticada por ser benéfica ao corpo humano e já fazia parte das Olimpíadas na Grécia Antiga.

 

 
     

No século XIX, os ingleses criaram as primeiras regras para a prática da natação enquanto esporte competitivo. No século XIX, as primeiras competições foram organizadas na Inglaterra.

Levando em consideração o posicionamento do tórax, o movimento das pernas e braços, são definidos quatro estilos de natação: crawl, borboleta, peito e costas.

Nas competições de nado medley, os nadadores devem nadar os quatro estilos na seguinte ordem: borboleta, costas, peito e crawl.

A natação é considerada um dos esportes mais saudáveis, pois trabalha com diversos grupos musculares e articulações do corpo. Há também o benefício desta prática para desenvolver o sistema cardíaco e respiratório.

Como qualquer atividade esportiva, antes de praticar, se deve procurar orientação de um profissional da área e passar por testes de avaliação médica.

A prática da natação cresce a cada dia. Inúmeras assessorias esportivas  preparam praticantes amadores para melhora da performance, travessias, duatlo e triatlo.

O desempenho depende da regularidade do treinamento, alimentação adequada e hidratação que permitem adaptação e recuperação mais rápida. 

Os carboidratos devem compor de 55 a 65% da dieta: frutas, vegetais, pães, cereais, arroz, quinua, massas, milho, batata, aipim, inhame, já que o exercício prolongado reduz os níveis de glicogênio muscular.

Atenção à hidratação durante o dia, veja abaixo como deve ser feita nutrição dos esportistas.

Antes do treino: Uma a duas horas antes do treino devem ser prioridades a ingestão de água, carboidratos e evitar o consumo de gorduras. Não praticar exercício físico em jejum, pois pode haver redução da performance.
- Suco de fruta ou fruta + sanduíche com queijo magro, ou pelo menos ingerir uma fruta ou barra de cereal.

Durante o treino: Atletas de esporte aquático podem ter menor percepção da sensação de sede, portanto devem deixar na borda da piscina uma garrafa com água ou bebida contendo água e carboidrato.
- Três colheres de sopa de Maltodextrina em 500ml de água.

Em treinos ou provas acima de uma hora, deve ser ingerido de 30 a 60g de carboidrato a cada hora para evitar hipoglicemia, depleção de glicogênio e fadiga.

Deve ser utilizada bebida esportiva que contém carboidratos e sódio, por promover maior absorção de água e glicose, melhorar a palatabilidade e repor as perdas pelo suor.

Após o treino: Em treinos de alta intensidade e acima de uma hora, além de carboidratos, pode ser utilizada proteína para repor o glicogênio muscular e acelerar a recuperação.

Indicação: 20g carboidrato + 10g de proteína para recuperação.
 
 
 
Estrada Parque ligará
Cunha a Paraty
Curso gratuito de
auxiliar de mecânico
UST World Cup skim
Sununga Brasil
 
 

 CLASSIFICADOS 

 
 
 
 
 
 
 
 

 

Laís Gurgel é estudante de Nutrição na Unip -  SP - Participa de provas natatórias em Ubatuba -  laisgurgel88@gmail.com www.laisgurgel.wordpress.com

 
   
 
 
  COLUNISTAS                          

 

                                                   
                           
  Ana  Prado   Carlos Barreto     Carlos Brickmann   Celso Avelar   Eliézer  Zac   Helio Fernandes   José  Bessa   Laís Gurgel   Lauro Flessati   Lora Saliba   Marli Gonçalves   Pedro Porfírio  
                                                 
 
   
 
 

vejaubatuba.com.br - permitida a reprodução de fotos e matérias com citação da fonte